Curiosidade

Novo estado da matéria é descoberto acidentalmente por cientistas

Físicos da Northeastern University de Boston, Massachusetts (EUA), descobriram uma nova forma de manipular a carga elétrica e acidentalmente encontrram um novo estado da matéria. O achado, que foi publicado na revista Nanoscale, ocorreu quase acidentalmente quando os cientistas realizavam experimentos com materiais cristalinos com apenas alguns átomos de espessura, conhecidos como materiais 2D e formados por um padrão repetitivo de átomos.

Fonte: Northeastern University/Divulgação

O experimento consistiu em sobrepor dois materiais 2D ultrafinos como se fossem folhas de papel. Ao fazer isso, o grupo de especialistas notou como os elétrons se comportavam de maneira anormal quando sobrepostos, formando um padrão estacionário. Isso chamou sua atenção, pois, geralmente, essas partículas negativas geralmente se repelem.

Swastuik Kar, um dos cientistas que participaram do estudo, disse que está quase certo de ter descoberto acidentalmente um novo estado da matéria. Ele afirmou também que “isso pode mudar a maneira como podemos detectar e comunicar sinais. Isso pode mudar a maneira como podemos sentir as coisas e o armazenamento de informações, e possibilidades nas quais talvez nem pensamos ainda”.

Essa descoberta pode alterar a forma como se armazenam elétrons, o que é essencial para a tecnologia moderna, como por exemplo, para o armazenamento da energia solar. Isso porque, segundo os físicos, com este novo estado da matéria os elétrons podem fazer algo totalmente novo, que é distribuir-se uniformemente em um padrão cristalino e estacionário.

Novo estado da matéria pode impactar o futuro da eletrônica

Os físicos explicam que a capacidade de mover, manipular e armazenar elétrons é essencial para a grande maioria das tecnologias modernas, de modo que a descoberta pode ter inúmeras possibilidades de uso tecnológico, processamento de informações e até "tem o potencial de impactar o futuro da eletrônica" disse Kar.

Ele também afirmou que "quando tais fenômenos são descobertos, o limite é apenas a imaginação. Ele pode mudar a maneira como podemos detectar e comunicar sinais. Ele pode mudar a maneira como sentimos as coisas e o armazenamento de informações, e as possibilidades nas quais ainda não temos ainda”.

Fonte: GettyImages

No entanto, após repetidos testes e experiências, os resultados permaneceram os mesmos: um novo padrão na forma de uma rede de pontos carregados que aparecem entre materiais 2D. Além disso, esse padrão mudou com a orientação dessas duas camadas. A compreensão do fenômeno ainda está em sua fase inicial, mas os cientistas acreditam que isso se deve a uma combinação de física e mecânica quântica.

Colabore com o autor

Para enviar uma sugestão é necessário entrar com seu Facebook

Fonte: Mega Curioso

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um Comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios