Esporte

Manaus vence Penarol de virada e crava liderança com uma rodada a menos

O Manaus passeia no Campeonato Amazonense. A equipe venceu o Penarol por 2 a 1 neste sábado, no estádio Carlos Zamith, o Coroado, pela sexta rodada do returno, e garantiu a liderança da fase classificatória com uma rodada de antecedência. Isso antes de todos os outros rivais diretos entrarem em campo. O êxito foi o sétimo seguido do clube, único com 100% de aproveitamento na segunda fase. Os gols foram marcados por Thiago Spice e Rossini. Raílson abriu o placar para o Leão da Velha Serpa, que ainda teve Thiago Brandão expulso.

Como fica?
Com a vitória, o Manaus vai a 18 pontos, em 18 possíveis, e não pode mais ser ultrapassado pelo Princesa (10 pontos), que recebe o Fast neste domingo, no Gilbertão. Já o Penarol, estagnado com nove, além de perder a chance de ultrapassar o Tubarão, também pode ver seu terceiro lugar ir para o espaço. Isso porque Nacional e Iranduba, que têm sete pontos, também se enfrentam neste domingo. Qualquer um dos dois assume a posição em caso de vitória.

Primeiro tempo
Os primeiros minutos já foram quentes. Ao cinco, Preto sentiu uma lesão na perna e foi substituído por Ivan. Se parecia que o dia não seria do Penarol, parecia certo. Mas isso a gente conta daqui a pouco. Porque aos nove Raílson recebeu lindo passe de Kaio, nas costas da marcação, saiu cara a cara com Jonathan e deslocou o goleiro para abrir o placar. Não deu tempo nem de comemorar. No minuto seguinte, aos 10, Thiago Spice aproveitou escanteio cobrado pela direita de ataque, subiu mais alto que todo mundo e mandou no canto direito de Rascifran. Aí a partida due uma esfriada, mas voltou a pegar fogo aos 24. Thiago Brandão puxou Jefferson por trás e, sendo o último homem, levou o cartão vermelho direto. Era o que o Gavião precisava para tomar conta do jogo. Além da posse de bola absoluta, chegou uma vez com Derlan, uma com Jefferson, na mais clara, e outra com Dolem, mas todos esbarram na má pontaria.

Segundo tempo
Em vantagem numérica, o Manaus voltou mais ofensivo à segunda etapa. Vitinho e Lê Santos entraram no lugar de Negueba e Jefferson. A mudança surtiu efeito rápido, logo aos seis minutos. Igor, que passou a atuar improvisado na lateral esquerda, recebeu passe na entrada da área, após jogada trabalhada, e deixou Rossini na boa para virar o placar. Rossini quase marcou o segundo aos 15, mas parou em excelente defesa de Rascifran. Branco também teve a chance do empate, mas esbarrou em Jonathan. O Manaus, sem ser tão agressivo, administrou o placar até o final. Ainda viu dois de seus três jogadores pendurados, Rossini e Dolem, receberem o terceiro amarelo. Eles cumprem suspensão contra o Fast, na última rodada, em jogo que não vale nada ao Gavião.

Próxima rodada
O Gavião volta a campo pela na quinta-feira, contra o Fast, pela sétima e última rodada da fase de grupos do segundo turno. O duelo está marcado para o estádio Carlos Zamith. Já o Penarol voltab a jogar em Manaus, mas contra o virtual rebaixado Sul América, que provavelmente já terá a queda consolidada até lá. O jogo é um dia antes, na quarta, na Colina.

Fonte: Globo Esporte Amazonas

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar