Cidades

Cruzeiristas norte-americanos exaltam potencial turístico do Amazonas

Os turistas do navio Insignia foram recebidos com pocket show de boi bumbá – Foto: Janailton Falcão

“Sou muito abençoada por estar aqui, de conhecer um local tão exótico, tão bonito, diferente de tudo que eu já vi na vida”. O comentário entusiasmado é da norte-americana Georgia White, uma dos 1.052 turistas que desembarcaram, na manhã desta quinta-feira (4/12), no Porto de Manaus, a bordo do navio de cruzeiro M/S Insignia, terceira embarcação das 16 previstas para aportarem na capital durante a Temporada 2019-2020.

Embalada pelas toadas dos bois Caprichoso e Garantido durante o pocket show de boi-bumbá oferecido pela Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Georgia disse que ficou impressionada pela grandeza natural do maior estado do Brasil.

“Minhas expectativas eram altas e foram superadas quando vi essa flora e fauna, e o tamanho do Rio Amazonas, ao entrar no estado. Fiquei impressionada ao comparar a Austrália, que é um país, ser quase do mesmo tamanho de um estado brasileiro como o Amazonas. São proporções continentais. Achei as preguiças fofas e parecidas com os coalas da Austrália”, destacou a norte-americana, natural da Flórida.

Já a carlifoniana Marshal disse que superou as expectativas ao encontrar o caboclo nativo do Amazonas em meio à floresta.

“Esperava que quando chegasse iria encontrar muitas comunidades tradicionais, lugares pacatos, encontrei e superei as minhas expectativas ao chegar à Boca da Valéria e ver as florestas, os nativos. Quero fazer em Manaus esse passeio em um local pacato, tradicional, gostei muito da vegetação”, disse Marshal.

Conforme o assessor técnico da Amazonastur, Orlando Câmara, a atual temporada teve aumento em 15,47% do número de turistas de cruzeiro, se comparada ao período 2018/2019 (17 mil cruzeiristas), totalizando cerca de três mil visitantes a mais nesta temporada (20 mil). Ele ressaltou a importância na economia local que é aquecida com a vinda dos excursionistas.

“A temporada pode crescer ainda, pois o Governo do Amazonas vem trabalhado para alavancar nos próximos anos esse segmento. Nós temos um apurado de gasto médio de turista em que são deixados mais de R$ 10 milhões por temporada, sem contabilizar outras despesas, como abastecimento de água da embarcação, de combustível, taxas, entre outros”, comentou Orlando.

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) realizaram o receptivo dos turistas, em grande maioria de nacionalidade norte-americana. Antes de aportar em Manaus, o cruzeiro, de origem de Miami (Flórida, EUA), esteve na comunidade Boca da Valéria, em Parintins. O M/S Insignia partirá para Parintins, próximo destino dos cruzeiristas, nesta quinta-feira (5/12).

O próximo navio a aportar na capital na temporada em 2019/2020 será o M/S Seven Seas Mariner, no dia 26 de dezembro, com mais de 1,1 mil turistas.

http://www.amazonastur.am.gov.br/cruzeiristas-norte-americanos-exaltam-potencial-turistico-do-amazonas/

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um Comentário

Fechar
%d blogueiros gostam disto: