Esporte

Betinho marca, Paysandu bate Santa Cruz no Arruda e segue vice-líder

O Paysandu vem se consolidando cada vez mais no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o Papão conquistou mais uma importante vitória na competição, batendo o Santa Cruz por 2 a 1 no Estádio do Arruda, em Recife (PE).

Jhonnatan abriu o placar para o time bicolor ainda na primeira etapa. No segundo tempo, Grafite cobrou pênalti para empatar para os mandantes. Porém, aos 37 da etapa final, brilhou a estrela do atacante Betinho, ex-Palmeiras, que desviou um cruzamento de João Lucas e deu o triunfo aos paraenses.

O resultado mantém o Paysandu na vice-liderança da Segundona, com 43 pontos, e na próxima rodada enfrenta o Paraná Clube em Curitiba (PR). Já o Santa Cruz continua em 9º, com 35 pontos, e terá mais um compromisso em casa na 25 rodada, contra o Luverdense.

faddbaab

Papão continua na vice-liderança da Série B (Foto: Divulgação/Paysandu)

O jogo – O Santa Cruz começou mostrando mais disposição para atacar, com um Grafite inspirado. O atacante criou a primeira boa oportunidade dos pernambucanos, logo aos oito minutos, com uma enfiada de bola para Diogo Campos bater em cima do goleiro Ivan.

Aos 14, Grafite recebeu dentro da área e bateu para mais uma defesa de Ivan. No rebote, o zagueiro Thiago Martins matou a bola com a barriga, e o lance gerou reclamação de pênalti por parte dos mandantes.

Seis minutos depois, foi a vez do Papão reclamar um pênalti não dado em cima de Wellinton Junior. O lateral João Lucas contestou a decisão do árbitro de forma acintosa e foi advertido com cartão amarelo.

Grafite voltou a dar as caras aos 30 minutos, quase marcando um verdadeiro gol de placa no Arruda. O camisa 23 recebeu dentro da área, deu um chapéu em Dão e bateu de esquerda, de primeira, por cima do gol de Ivan. O lance animou a torcida coral nas arquibancadas.

O Paysandu, que não tinha nada com isso, aproveitou a chance que teve e inaugurou o marcador aos 32. Jhonnatan recebeu de Leandro Cearense dentro da área, limpou Vitor e bateu forte, de esquerda, estufando as redes de Tiago Cardoso.

Nos minutos seguintes ao gol, o Papão passou a trabalhar a bola com cautela, sem pressa, administrando a vantagem. No final da etapa inicial, o Santa Cruz ensaiou uma pressão, mas quem chegou com perigo foram os paraenses. Já nos acréscimos, Leandro Cearense recebeu d Yago Pikachu com liberdade, entrou na área e pegou mal na bola ao tentar bater na saída de Tiago.

O time da casa voltou ao segundo tempo agressivo, pressionando em busca do empate. Aos nove minutos, João Paulo aproveitou sobra de cruzamento na área e bateu para o fundo das redes, mas a arbitragem anulou o gol alegando impedimento do meio-campista.

A pressão continuava, e finalmente surtiu efeito aos 14 minutos. João Paulo dividiu com Thiago Martins dentro da área após cruzamento e o árbitro marcou penalidade. Na cobrança, Grafite converteu para os pernambucanos e deixou tudo igual.

O Santa se animou com o empate e quase chegou à virada. Aos 24, Anderson Aquino aproveitou cruzamento de Vitor e desviou de cabeça no travessão de Ivan, que ainda tocou na bola para evitar o gol.

Com o passar do tempo, o Paysandu passou a esfriar a partida, aproveitando as saídas de bola para ganhar tempo. O time paraense, que parecia conformado com o resultado, foi premiado aos 37 minutos. João Lucas cruzou na área e o ex-palmeirense Betinho desviou para o gol.

Nos instantes finais, o time da casa partiu desesperado para o ataque e chegou a pressionar. Aos 45, Grafite dividiu pelo alto com o goleiro Ivan, pegou a sobra e marcou. O lance, porém, foi invalidado por falta do camisa 23 no arqueiro bicolor.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 1 X 2 PAYSANDU

Local: Estádio Arruda, em Recife (PE)
Data: 08 de setembro de 2015, terça-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Moises Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões Amarelos: João Paulo (Santa Cruz); João Lucas, Thiago Martins, Fernando Lombardi e Wellinton Junior (Paysandu)

GOLS:
SANTA CRUZ: Grafite (pênalti), aos 15 minutos do segundo tempo;
PAYSANDU: Jhonnatan, aos 32 minutos do primeiro tempo; Betinho, aos 37 minutos do segundo tempo

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Neris e Lúcio (Bruno Moraes); Wellington, Moradei (Renatinho), João Paulo e Luisinho; Diogo Campos (Anderson Aquino) e Grafite
Técnico: Marcelo Martelotte

PAYSANDU: Ivan; Yago Pikachu, Thiago Martins, Dão (Fernando Lombardi) e João Lucas; Augusto Recife, Gilson, Jhonnatan e Carlinhos (Edinho); Leandro Cearense (Betinho) e Welinton Junior
Técnico: Dado Cavalcanti

O post Betinho marca, Paysandu bate Santa Cruz no Arruda e segue vice-líder apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

https://www.gazetaesportiva.com/times/santa-cruz/betinho-marca-no-fim-e-paysandu-bate-o-santa-cruz-no-arruda/

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar