Cidades

Apoiado pela Amazonastur, evento internacional vai reunir lideranças femininas do mundo

O evento vai reunir lideranças femininas de toda a América Latina, em agosto deste ano – Foto: Clóvis Miranda

Lideranças femininas da América Latina, Europa, África e de todas as regiões do Brasil são esperadas no Wonder Women Tech LatinX Summit, evento internacional de lideranças de femininas que acontecerá pela primeira vez no país. A largada para a realização do encontro, marcado para os dias 28, 29 e 30 de agosto, no Centro de Convenções da Amazônia Vasco Vasques (CCAVV), foi dada na última sexta-feira (5/4), pelo Governo do Estado, que apoia a iniciativa por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

Na sede do Governo do Estado, bairro Compensa II, zona oeste, a presidente da Amazonastur, Roselene Medeiros, destacou que é esperado um grande número de lideranças femininas nacionais e internacionais no evento, que terá como tema #SomosoFuturo. “É com muito orgulho que o Governo do Amazonas recebe esse evento, que será feito pela primeira vez no Brasil. Em agosto, vamos ter a chance de discutir aqui e apresentar oportunidades para as minorias, para o empoderamento das mulheres. É um público que vem do mundo inteiro”, comentou Roselene.

A fundadora da Wonder Women Tech (WWT) Foundation, Lisa Mae Brunson, informou que a instituição não governamental destaca o empoderamento da mulher no mundo e promove o desenvolvimento de inovação, de carreiras e de empregos nas regiões, baseado em ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática (STEAM, na sigla do inglês Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics).

“A Wonder Women Tech foca no STEAM, segmentos onde esses programas vão ajudar a desenvolver a parte educacional para as comunidades, as minorias, LGBTQ, e mulheres. Focamos no empoderamento feminino, em projetos contra a violência da mulher, no empoderamento de classes, que geralmente não são atendidas”, disse a fundadora.

De acordo com a conselheira da fundação no Brasil, Kellen Dunning, após o evento, será emitido um relatório que será enviado às entidades da sociedade civil organizada, aos governos e as empresas que apoiam o projeto, de modo que a fundação ajude a solucionar problemas envolvendo mulheres e minorias.

“Depois desse relatório do evento serão construídos programas, e também será dado apoio aos programas que já existem, por exemplo da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Já está sendo tratado um protocolo de intenção com a Ordem, pois estaremos oferecendo intercâmbio com outras instituições internacionais e também coaching para a complementação desses programas. Vamos estar interligando as necessidades, os sucessos de programas em outros países, e também os daqui do Brasil”, comentou a representante da Wonder Women.

Para a vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Amazonas (OAB-AM), Grace Benayon, o Wonder Women Tech dá uma oportunidade às lideranças femininas de pensar no empoderamento da mulher e na defesa das minorias.

“Esse evento tem uma dimensão e uma grandiosidade enormes, pois estamos falando com uma das mulheres mais empoderadas do mundo (Lia Mae Brunson). O encontro promove não apenas palestras, mas conexões transformadoras na vida de homens e mulheres, principalmente de mulheres, crianças, vítimas, de pessoas que não tinham nenhuma oportunidade e passam a entender um sucesso de superação, de vitória”, declarou Grace.

Michelle Obama – Lisa Mae Brunson informou que a Wonder Women atua com a participação de primeiras-damas e ex-primeiras damas do mundo todo, e não descartou a vinda de Michelle Obama, membro da Wonder Women, e mulher do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vir ao evento do Amazonas, em agosto.

http://www.amazonastur.am.gov.br/apoiado-pela-amazonastur-evento-internacional-vai-reunir-liderancas-femininas-do-mundo/

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar