André Guimarães e sua paixão pelo Festival de Parintins

O paulista André Guimarães, proprietário da empresa MANÁ PRODUÇÃO, COMUNICAÇÃO & EVENTOS é um dos responsáveis pelo crescimento cultural do Festival Folclórico de Parintins, levando o nome dos bois Caprichoso e Garantido para todo o Brasil em uma relação de apoio da empresa à festa folclórica da Ilha que já dura 15 anos em 16 festivais.

Já em Parintins, o empresário visitou a redação do O JORNAL DA ILHA, localizada na avenida Amazonas na noite de quinta-feira, 21 de junho, e num papo descontraído foi conversando que acabou em entrevista exclusiva.

COMO FICOU SABENDO DE PARINTINS

A Escola de Samba Salgueiro do Rio de Janeiro foi quem apresentou André Guimarães ao Festival de Parintins. “Realizávamos em São Paulo em 2002 um grande evento para a Força Sindical com quase 1 milhão de pessoas em comemoração ao 1° de maio. Apesar de grandes estrelas da música brasileira como Ivete Sangalo sempre encerrávamos com uma escola de samba e íamos encerrar com a Salgueiro. Mais a escola tinha na agenda um evento internacional, foi quando em um almoço o presidente da Salgueiro me apresentou um pessoal do Boi Garantido e disse que eu precisava conhecer a festa e a história de Parintins e o boi Garantido encerrou o evento”.

Primeiro Festival

Rosames Suely (E), Carlos Frazão, Marcia Nogueira, André e os filhos Miguel e Gabriel Guimarães (D), no festival de 2017.

Ele salienta que recebeu o convite do bumbá e já no primeiro ano mesmo sem conhecer o evento começou um trabalho ainda meio tímido com o boi Garantido. “Com a graça de Deus no ano seguinte (2003) através do presidente Cesar Oliveira (Caprichoso) e José Walmir (Garantido) passei a responder pelos dois bois e hoje eu tenho a honra de chegar a 16 festivais e 15 anos trabalhando com os bumbás de uma forma igual”, destacou.

Perguntado por sua preferencia por alguns dos bois de pano, André Guimarães afirma que apesar de ter iniciado a história com o Garantido, “sou literalmente dos dois bumbás e essa escolha me deixa orgulhoso”.

Patrocinadores

A empresa MANÁ PRODUÇÂO, COMUNICAÇÃO & EVENTOS e a empresa oficial dos bois, responsável pela captação de patrocínios para o festival que em 2018 acontece na arena do Centro Cultural de Parintins (Bumbódromo) nas noites de 29, 30 de junho e 1° de julho, além da expansão, divulgação da imagem dos bumbás, apoios, licenciamento de marcas, vendas de shows e outras ações comerciais, assim como, é o representante legal da festa junto ao Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet.

De acordo com André, para esse ano, os bois contam com patrocínios da Coca-Cola, Rede, Correios, Cielo, Hapvida, Ambev (Brahma), Bradesco, Governo do Estado e parcerias da Amazon Best, Acritica, Secretaria de Estado de Cultura e a Prefeitura local.

Expectativa

Guimarães enaltece que está com uma expectativa muito boa e que será um grande festival com a A Critica estourando em sua área de abrangência e a TV Cultura arrebentando na audiência nacional. “Tenho certeza que voltaremos a ter aqueles festivais com 90 mil pessoas em Parintins. Parabenizo os presidentes Fábio (Garantido) e Babá (Caprichoso) pela superação das dificuldades, honrando pagamentos, o problema da justiça do trabalho sendo resolvido”.

André e Marcia, um casal entrosado por Parintins

André Guimarães que é cidadão parintinense e casado com a parintinense Márcia Nogueira tem uma ligação com Parintins que vai além da responsabilidade com os bois. A pedido do nosso diretor JI, Carlos Frazão a Márcia Nogueira, a Maná deu total apoio ao atleta da Ilha, Pedro Henrique Nunes campeão sul-americano de arremesso de dardo durante disputa em São Paulo-SP.

Outra preocupação e novamente a pedido da esposa (Márcia Nogueira) foram as tendas para as galeras que ano passado foi patrocinado pela empresa REDE. Em 2018, a proteção e materiais aos torcedores serão de responsabilidade das empresas Bradesco, Cielo e Brahma.

Projetos 2019

Segundo o empresário, para o ano que vem, irá se reunir com o prefeito Bi Garcia e com o secretário de cultura para levar o boi para apresentação em praça pública em grandes capitais, não mais com quatro dançarinos, uma caixinha e um surdo, mas com um quantitativo expressivo para a execução de um ritual, por exemplo, deixando pelo menos 15 dias para exposição. Outro objetivo é retornar o projeto “Caravana Parintins Festa Brasil” da empresa INOVAR junto a Coca-Cola.

André (E) com o prefeito Bi Garcia, senador Omar aziz e o vice-governador Bosco saraiva, em Brasilia, buscando patrocínios para o festival de Parintins

André Guimarães parabeniza o prefeito Bi Garcia que “trouxe pra ele ano passado a responsabilidade, assumiu a organização e resgatou a autoestima do festival. Graças a sua articulação trouxe o Governo do Estado de volta, não mais como dono do festival, mas como patrocinador maior, porque quem faz o festival são os bois”.

“Lutamos muito nesses 15 anos que a MANÁ se encontra trabalhando com privilégio de ser a Agência Oficial dos Bois de Parintins e eu de ser o procurador legal. Todos são importantes, a Prefeitura, o Governo do Estado, os Bois que são a razão de tudo isso, destacando também a participação da Amazonastur e da Amazon Best no sentido de oferecer alternativas para as pessoas virem a Parintins”, finalizou o proprietário da Maná.

André ainda esteve no programa PARINTINS EM REVISTA concedendo entrevista ao radialista Walter Lobato, onde esclareceu algumas dúvidas sobre patrocínios e os bastidores para captar recursos para o festival.

Kedson Silva/JI

Fotos: Arquivo JI/Arquivo Facebook pessoal

https://www.ojornaldailha.com/andre-guimaraes-e-sua-paixao-pelo-festival-de-parintins/

Mostre mais

Deixe seu Comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios