Cidades

Amazonastur propõe criação do Polo de Eventos do Distrito Industrial

A reunião marcou a criação do Polo de Eventos do PIM – Clóvis Miranda

A criação de um Centro de Eventos do Polo Industrial de Manaus (PIM) foi proposta pela Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) durante reunião com os representantes da rede hoteleira que atua no distrito, nesta terça-feira (04/06), na sede do órgão público, zona oeste de Manaus. A ideia é atrair eventos nacionais e internacionais para a capital amazonense com até 500 turistas para aquela área da cidade, movimentando toda a cadeia produtiva.

Conforme a chefe do Departamento de Captação de Eventos, Adriana Papa, com a agenda lotada do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV), a Amazonastur quer criar um novo polo, com a vinda de 500 turistas por evento, para movimentar os hotéis da região que concentra ampla potencialidade econômica do estado, o Distrito Industrial.

“Queremos aumentar a ocupação dos hotéis concentrados no polo pois, em razão da economia de agora, eles estão com uma ocupação bem desafiadora. Por isso, estamos buscando levar eventos para lá, já que o Centro de Convenções está lotado. Ou seja, estamos tentando criar o ‘polo de eventos 2’. Temos o CCAVV como o principal lugar de eventos, e depois vamos tentar concentrar lá no polo 2”, explicou Adriana Papa.

Ela informou ainda que, a partir da próxima segunda-feira (10/06), a Amazonastur oferecerá, nas reuniões de captação fora da capital, a segunda opção para a realização de eventos em Manaus, como o Congresso Brasileiro de Saúde e Segurança no Trabalho Portuário e Aquaviário, para o ano de 2021.

“E vamos também tentar captar, para abril de 2020, os Jogos Olímpicos dos Aposentados da Caixa Econômica Federal. Tudo isso podemos ofertar para o operador, o Polo do Distrito”, disse Adriana.

Rede hoteleira

O novo polo de eventos concentra cinco hotéis na área do Distrito Industrial, com quase mil leitos disponíveis, além do Studio 5 Centro de Convenções. O executivo de vendas do Hotel Sleep Inn parabenizou a Amazonastur pela iniciativa de prospectar a criação do polo para atrair mais turistas para o Amazonas.

“É uma iniciativa muito boa para todos os aspectos hoteleiros, tanto no quesito de ocupação e de eventos. Isso proporciona uma ampla divulgação em nível nacional, e maiores captações. Importante é trabalhar com antecedência, com o calendário hoteleiro e o calendário do Governo. Ou seja, a gente consegue prospectar antes e definir a quantidade de leito, prospecção tarifária, com certa antecedência, o que é muito bom para os hotéis”, declarou.

Para a gerente-geral da rede Accor Hotels, Elizabeth Martins, a iniciativa é muito boa, sobretudo para a captação de novos eventos para os hotéis do Distrito. “Hoje, temos cinco hotéis, 908 quartos, mais de mil leitos. Temos a parceria com o Studio 5, conseguimos comportar espaço acima de 500, mil, 2 mil pessoas. Além dos hotéis, tem um conjunto com o Studio 5, por conta da captação e estrutura do espaço físico para os eventos. Nós agradecemos esse apoio junto à rede hoteleira, e nos mantemos à disposição no que for necessário”, disse a gerente.

http://www.amazonastur.am.gov.br/amazonastur-propoe-criacao-do-polo-de-eventos-do-distrito-industrial/

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar