33° Fecani correndo risco de ser CANCELADO prejudicando Itacoatiara no Amazonas

O Festival da Canção de Itacoatiara teve sua noite do dia 05 de setembro interrompida por volta de 23:00h e retomada quase duas horas depois.

Ontem, dia 05 de Setembro, nossa equipe que é formada por amigos, estávamos realizando à cobertura do 33° Festival da Canção de Itacoatiara, e em uma de nossas transmissões, onde atingimos um recorde, foi unanime que estão tentando desmoralizar nosso Fecani.

Eu Marcelo Saraiva, residente em Itacoatiara à mais de 35 anos, e já prestigiava o Fecani desde que ele era realizado na praça da Matriz, Quadra de Herculano de Castro e Costa, e sempre tivemos estrutura de madeira, ou qualquer outro material que ajudasse na estrutura do evento, que por sinal tínhamos de 4 a 5 palcos alternativos nessa época, totalmente de madeira, e nunca tinha sido cancelado.

Raimundo Silva em sua rede social, diz: OS JUÍZES NÃO SÃO DEUSES, MAS ALGUNS AINDA SE JULGAM QUE SÃO – A decisão prolatada pelo juiz de direito desta Comarca de Itacoatiara, Rafael da Rocha Lima, mandando parar a realização do FECANI, após haver iniciado, já com atividade no palco principal, foi, no mínimo, equivocada, na medida em gerou uma insatisfação generalizada do público que se fazia presente no centro de eventos, de mais ou menos cinco mil pessoas.”

Como havíamos dito ontem, por volta de 23:00h, vimos autoridades policiais conversando o Manolo Olimpio atras dos Camarotes, e logo em seguida, o mesmo faz um pronunciamento no palco principal, avisado que tinha recebido uma ordem judicial para paralisar o Fecani.

“O juiz atendeu a uma pretensão do Ministério Público, que pensava que ainda havia algumas irregularidades na área de segurança, identificadas em maio de 2018, mas que já haviam sido resolvidas, e com manifestação do Corpo de Bombeiros, atestando a inexistência, hoje, dos supostos riscos à segurança das pessoas admitidos em maio/2018. Penso que, sua excelência o juiz que emitiu a ordem para interromper um festival, que é esperado o ano todo pela população da cidade, com a presença de milhares de visitantes de outras cidades, foi a pior decisão que ele tomou em toda a sua vida de autoridade judiciária.” palavras de Raimundo Silva

Algumas pessoal ainda em nossa transmissão de ontem, quiseram comparar o maior Festival de Musica da Região Norte, com eventos de um a dois dias em cidades do interior do Amazonas, essas pessoas não veem a grandiosidade e complexidade de organizar um evento como o nosso Fecani.

Estrutura montada este ano, impressionou as pessoas que sempre vem para trabalhar ou prestigiar o evento, os comentários erram frequentes; nunca tinha visto uma estrutura como essa na cidade de Itacoatiara“. AIRMA em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal, tentando realizar o MELHOR FECANI de todos os tempos, isso ficou claro com o aparato de tecnologia montado no Centro de Eventos.

O Festival tem como objetivo promover a cultura regional, e envolve custos de alto valor, além de gerar empregos temporários e gerando valores agregados à economia local, diante dessa imensa crise que assola o nosso país.

Alexandre Rocha em conversa com Manolo Olímpio (centro), hoje, 6 de setembro, pela manhã, que confirma a triste notícia que o Fecani continua embargada pela justiça, nenhum evento está sendo realizado no momento;

Festival da Canção – Nenhum concorrente será prejudicado, segundo Manolo Fontinelle, já há duas soluções para sanar o prejuízo quanto as apresentações que deveriam ocorrer na noite de ontem, a primeira, caso haja a liberação para a continuação do Evento, as eliminatórias serão realizadas hoje, 6 e amanhã, 7, ambas com força de finalíssima, sendo premiados os melhores colocados na pontuação geral respeitadas a classificação de ambas as eliminatórias.

A segunda hipótese já acertada com os jurados é o julgamento feito pelas gravações enviadas para a classificação. Os jurados se reuniriam em lugar determinado pela coordenação do Evento para apreciação de todas as músicas concorrentes e daí tirarem os vencedores. Uma forma de não prejudicar os concorrentes mas que deixa triste aos que apreciam as performances dos artistas;

Atrações Locais – Olímpio também informou que nenhuma atração local contratada sofrerá dano financeiro caso o Festival seja cancelado, todas irão receber os valores contratados.

Atrações Nacionais – Quanto aos espetáculos com artistas de projeção Nacional, que ainda não se apresentaram, o contrato dos mesmos é feito por uma empresa de eventos não imputando despesas contratuais com a AIRMA.

A tranquilidade é em parte pois muitos investiram em roupas, produtos alimentícios e muito mais, esperaram meses para que tudo se realizasse e agora estão vendo todo seu esforço e investimentos irem pelo ralo (…).

Mostre mais

Deixe seu Comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios