Manaus – As vendas de veículos novos no Amazonas cresceu 11,73% em 2017, acima da média do País que aumentou 9,23%, em comparação a 2016. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição dos Veículos Automotores (Fenabrave), foram realizados esse ano 40,2 mil emplacamentos, no Estado, contra 36 mil, no ano passado. Em 2016, a venda de veículos novos caiu 26,8% no Amazonas.

As motocicletas foram praticamente o único segmento com queda nas vendas no ano, 3,56% menor que no ano passado. Em 2016, o setor já havia caído 25%. No ano, foram comercializadas 14 mil motocicletas contra 14,5 mil do ano passado.

O segmento comercial leve, que inclui as pickups e furgões, foi o que obteve o melhor resultado no ano com crescimento de 29,36% enquanto automóveis teve alta de 20,77%, no mesmo período. Juntos eles cresceram 22,71% e respondem por 63% das vendas no Estado. Já as motocicletas representaram 35% das vendas. No ano passado, essa participação era de 57,3% e 40,45%, respectivamente.

Foram comercializados 19,3 mil automóveis contra 15,9 mil do ano passado enquanto comerciais leves foram 6 mil contra 4,6 mil unidades, em 2016.

Juntos, caminhões e ônibus tiveram aumento de 40% nas vendas no ano.

Nacional

No País, as vendas de veículos novos subiram 9,23% em 2017, com a comercialização de 2,23 milhões de automóveis, comerciais leves (como picapes e furgões), caminhões e ônibus, acima do total de 2,05 milhões de unidades vendidas em 2016. Em 2016, a entidade registrou queda de 20,47% nas vendas de veículos no Brasil.

“A soma dos fatores positivos e a entrada dos recursos do décimo terceiro no orçamento das famílias fortaleceram o sentimento de confiança e a expectativa dos consumidores, que foram às concessionárias comprar seu automóvel novo”, disse o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

Expectativa

A expectativa da federação é de que o clima favorável às vendas se mantenha e registre, em 2018, um novo ciclo de crescimento, de até 10,3% em relação a 2017, somados todos os segmentos.

Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, a expectativa é de alta de 11,9%, esse ano. O segmento de motocicletas, em queda desde a crise de 2008, tem alta estimada em 6,5%.

Já para caminhões e ônibus, a Fenabrave projeta crescimento de 8,6%, sendo 9,5% para caminhões e 5,4% para ônibus.

http://d24am.com/economia/venda-de-veiculos-novos-no-amazonas-sobe-12-e-supera-pais/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta