Timão sente pressão e Verdão usa sigilo

0
59

São Paulo – Embora o Corinthians tenha cinco pontos de vantagem para o Palmeiras (59 a 54) no Brasileiro, o goleiro Cássio nega que o empate seja um bom resultado no clássico deste domingo, às 15h (de Manaus), em São Paulo, pela 32ª rodada. Em caso de igualdade, a diferença para o arquirrival, hoje vice-líder da tabela de classificação, seria mantida e o Timão teria uma rodada a menos para confirmar o título nacional.

Corinthians está há quatro jogos sem vencer no Brasileirão (Foto:Corinthians/Divulgação)

“(Pensar no empate) Só se for nos acréscimos do segundo tempo. É difícil ficar pensando nisso, em segurar o empate. Sabemos que, com o empate, seguimos com cinco pontos de diferença, mas vamos buscar a vitória, estaremos em casa, com nossa torcida. Não vamos sair como loucos (ao ataque)”, afirmou o goleiro.

Cássio afirma que a má fase da equipe no torneio – o time soma três derrotas e um empate nos últimos quatro jogos – pressiona pela vitória. “Lógico que são mais três pontos e depois tem seis partidas. Mas, na situação que estamos, vindo de derrotas, temos de buscar a vitória”, ressaltou.

O goleiro corintiano acredita que os dois times entram pressionados no confronto entre o líder e o vice-líder, mas o time da casa tem uma obrigação maior. “Se pensar que jogamos em nossa casa, a cobrança é maior. Então, acho que o Corinthians seja um pouco mais pressionado, mas nada de anormal em relação a outras situações”, disse.

Tratando a semana como decisiva, o Corinthians decidiu antecipar a concentração para esta sexta-feira, sendo que o comum é o encontro dos atletas ocorrer no sábado. “Essa semana é de motivação extra, com um trecho final de campeonato e diante de um grande rival. Toda a história já nos diz o que nos aguarda domingo”, afirmou o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro.

Fechado

O técnico Alberto Valentim esboçou, na manhã de ontem, o time titular do Palmeiras para o clássico com o Corinthians. Mas a escalação é um mistério, já que a atividade foi totalmente fechada à imprensa. Nem o aquecimento e a tradicional entrevista coletiva foram liberados aos jornalistas. A informação sobre o ensaio com os prováveis titulares foi confirmada apenas pelo site oficial do clube.

Depois de cumprir suspensão, o volante Bruno Henrique deve voltar ao time no lugar de Jean. Na zaga, Mina deverá retornar à equipe depois de três meses de recuperação por causa de uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo sofrida no último jogo do Palmeiras nesta Libertadores, no início de agosto, quando foi eliminado pelo Barcelona de Guayaquil, em São Paulo, nas oitavas de final. O colombiano está bem fisicamente e deverá substituir Juninho.

Nas outras posições, Valentim deverá manter a escalação do empate com o Cruzeiro, por 2 a 2, no Allianz Parque, na última segunda-feira.

O post Timão sente pressão e Verdão usa sigilo apareceu primeiro em D24am.

http://d24am.com/esportes/timao-sente-pressao-e-verdao-usa-sigilo/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta