Suspeito de matar britânica é morto por rivais em Coari

0
98

Evanilson Gomes da Costa, o ‘Baia’, de 24 anos, foi morto por traficantes rivais no município de Coari, distante 363 quilômetros de Manaus, nesta quarta-feira (20). Ele é apontado pela polícia como responsável pela morte da esportista britânica Emma Tamsin Kelty, 43, cujo corpo ainda não foi encontrado pela polícia.

De acordo com o delegado José Barradas Júnior, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, ‘Baia’ estava anunciando venda dos pertences de Emma. Diante disso, os traficantes ficaram interessados nos objetos e foram até a casa da irmã de ‘Baia’ e efetuaram os disparos.

‘Baia’, foi morto por traficantes que buscavam por pertences de britânica/Foto: Divulgação

‘Baia’ foi socorrido e levado ao hospital, onde antes de morrer, revelou a polícia o nome do autor dos disparos, que não teve o nome revelado para não atrapalhar as investigações. Os pertences da britânica não foram encontrados e a suspeita é que ele tenha escondido em algum lugar.

Além de ‘Baia’, dois adolescentes, de 17 anos, apreendidos e Erinei Ferreira da Silva, conhecido como ‘Alfinete’, preso em Coari, serão transferidos nesta quinta-feira (21) para a capital. Outros suspeitos identificados na participação do crime – Artur Gomes da Silva, vulgo ‘Beira’, Erimar Ferreira da Silva, o ‘Chico’, e Nilson Ferreira da Silva, ‘Zé Preto’, estão sendo procurados pela polícia.

Comentários

comentários

https://correiodaamazonia.com/suspeito-de-matar-britanica-e-morto-por-rivais-em-coari/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta