Sete em cada dez dos egressos de cursos técnicos estão no mercado de trabalho

0
80
Ainda segundo a instituição, antes mesmo de finalizar o curso técnico o estudante tem a oportunidade de entrar no mercado (Foto: Divulgação)

Manaus – Apesar das constantes incertezas do mercado econômico nacional, que resultou no fechamento de várias empresas e redução de vagas de emprego em vários setores, algumas áreas tem conseguido reagir e oferecer novas oportunidades de trabalho. Dentre os mais destacados estão a indústria de transformação, comércio, serviços, agropecuária e construção civil.

Segundo pesquisa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), candidatos com nível técnico podem ter mais chances de recolocação no mercado, já que grande parte das ocupações industriais exige esse tipo de formação. Com isso, 70% dos egressos dos cursos técnicos estão inseridos no mercado de trabalho, já no primeiro ano após a formação.

No último sábado (23), comemorou-se o Dia do Profissional de Nível Técnico e, segundo a mantenedora do Centro Literatus (CEL), Elaine Saldanha, esses profissionais tem muito o que comemorar, pois o mercado segue aquecido com boas oportunidades e perspectivas de trabalho. Além disso, dependendo da área de atuação, o profissional pode chegar a ganhar até mais que um profissional com graduação.

“Temos parcerias com empresas de diversos segmentos e portes, e os técnicos são bastante valorizados por terem o diferencial de já saírem dos cursos preparados para atuarem na área, pois já tiveram aulas práticas e estágio. Então, já passaram pela primeira experiência profissional, que é justamente o que as empresas buscam”, disse a gestora da instituição, que já qualificou mais de 20 mil profissionais no Amazonas, nas áreas de Gestão, Saúde, Indústria, Infraestrutura e Segurança.

O curso técnico acaba sendo uma opção tanto para quem está iniciando a carreira, quanto para os que buscam uma complementação da própria formação. Elaine destaca, ainda, que as opções são inúmeras, sendo possível realizar um curso para atuar desde a indústria até estética. “Eles permitem que o profissional se torne empreendedor, abrindo seu próprio negócio, atendendo clientes em casa”, comentou Elaine.

Vantagens

Entre as vantagens de realizar um curso técnico, está o menor tempo para concluí-lo, em até 18 meses, diferentemente da graduação, que leva pelo menos quatro anos de duração. Além do mais, os cursos possuem uma enorme variedade e são focados em suas áreas, pois a metodologia foca nas reais necessidades das empresas.

Mais uma vantagem que esse tipo de formação tem sobre a convencional graduação, é o fato de poder ser feito antes mesmo de completar o ensino médio. Em geral, um aluno no segundo ano do Ensino Médio já pode faz o curso, sem problemas, e ainda tem a chance de se formar já empregado.

De acordo com pesquisa realizada pelo CEL, levando em consideração a média salarial do profissional, os alunos chegam a ter retorno financeiro em até sete meses, dependendo da área escolhida. Atualmente, o investimento em um curso técnico é a partir de R$185.

http://d24am.com/economia/sete-em-cada-dez-dos-egressos-de-cursos-tecnicos-estao-no-mercado-de-trabalho/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta