Professores: luta pela valorização da categoria – por Rodrigo Furtado

0
82

Nos últimos dias 13 e 22 de setembro, os Docentes da rede pública municipal e estadual de ensino realizaram grandes paralisações na cidade de Manaus, buscando mobilizar 100% do seguimento, bem como denunciar a sociedade aquilo que na prática eles não possuem como direitos básicos.

O primeiro ato público ocorreu em frente à sede da Secretaria Municipal de Ensino – SEMED e o segundo na sede da Prefeitura de Manaus – PMM.

Os professores reivindicam claramente na manifestação os seguintes pontos; O cumprimento da Data Base; Progressão de Carreira; Reajuste Salarial; Valorização do Professor e a principal delas; A transparência da aplicação dos recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB.

Presidente da Juventude da Central de Movimentos Populares do Amazonas, Rodrigo Furtado.

Em entrevista com uma das instituições que estão à frente na organização e na luta dos Professores, o Professor Lambert Melo que pertencem a Associação dos Professores e Pedagogos de Manaus – ASPROM/SINDICAL afirma que a categoria está há mais de 3 anos sem os reajustes salarias; Progressão de Carreira e Formação Continuada dentre outros, informa também que só para o Governo do Estado R$ 500 Milhões vieram do fundo Nacional e R$ 300 milhões para os municípios, só para Manaus nos cofres da Poder Executivo disponíveis estão mais de R$ 100 milhões.

Os docentes ao serem perguntados a respeito do impacto disso na Data Base , a categoria afirma que o cálculo não é possível de se fazer pois não existe dados concretos da SEDUC e nem da SEMED, falta transparência nos dados.

A categoria unida através dos movimentos criados por eles próprios, dado ao grande descrédito que hoje tem a direção do Sindicato dos Trabalhadores da Educação no Amazonas – SINTEAM, que acumulou durante os anos o desafeto em massa dos Educadores, sentimento este hoje de total falta de representação política pelo Sindicato que encontra-se distante lutas sociais que travam os Professores.

Mais uma grande manifestação já está programada e será nesse dia 14 de outubro, vésperas do Dia Nacional dos Professores comemorado dia 15 do mês. A manifestação tem local previsto para a Praça da Polícia Centro de Manaus, a partir das 9 horas.

*Rodrigo Furtado é presidente da Juventude da Central de Movimentos Populares do Amazonas, militante da juventude do PT/Amazonas e cronista do Portal de Notícias Correio da Amazônia.

Comentários

comentários

https://correiodaamazonia.com/professores-luta-pela-valorizacao-da-categoria-por-rodrigo-furtado/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta