Jogo foi realizado na tarde deste domingo, em Manacapuru (Foto: Sandro Pereira)

Manacapuru – O que tinha tudo para ser uma vitória heroica, terminou como um empate amargo. O 3 a 3, no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros a oeste de Manaus), entre Princesa do Solimões e Gurupi-TO, obriga o time amazonense vencer a segunda partida no próximo domingo (16). Os gols do confronto, que valeu pela segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, foram marcados por Branco e Weverton (2), para o Tubarão, e Rafael, Régis e Bruno Moraes, pelo time tocantinense.

Visitante ingrato, o Gurupi-TO calou o Estádio Gilbertão, logo aos quatro minutos. Após chutão da zaga, a bola chegou ao atacante Régis, que, com muita categoria, tocou na saída de Rascifran para abrir o placar. Após o gol, a partida ficou brigada. Com a vantagem, o time tocantinense passou a adotar a famosa ‘cera’.

A atitude do visitante custou caro. Aos 19 minutos, o Princesa empatou o duelo com o atacante Branco. Aproveitando cruzamento de Getúlio, o centroavante se antecipou a marcação e completou de cabeça, no canto esquerdo do goleiro Welder.

O gol acordou o Tubarão e os torcedores. Embalado, Branco, quase virou a partida, aos 23 minutos, em finalização da intermediária, mas o goleiro adversário espalmou para escanteio.

Em ótima fase, o artilheiro do Tubarão na Série D, Weverton, acertou a trave em cobrança de falta, aos 37 minutos.

Sufocado pelo time amazonense, o Gurupi-TO, claramente, recuou para segurar o empate. Em vários momentos, os visitantes apelaram para as faltas, visando truncar o confronto.

Na volta da segunda etapa, o grito de gol ficou entalado na torcida do Princesa. Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Weverton, a bola sobrou para Bae, que, na pequena área, finalizou por cima da meta do Gurupi.

‘Quem não faz, leva’. A velha tese, mais uma vez, funcionou aos sete minutos. Bruno Morais entortou a zaga do Tubarão e tocou na saída de Rascifran.

O gol, no entanto, não abalou o Princesa. Aos 10 minutos, o jogo novamente ficou empatado. Artilheiro, Weverton cobrou com categoria pênalti sofrido por Toró. Aos 21 minutos, o goleiro Rascifran realizou um milagre, em forte finalização de Willian Feijão. Com muita elasticidade, ele espalmou para escanteio. Mesmo com um a menos, após expulsão do meia Toró, o Princesa conseguiu o terceiro gol, aos 34 minutos, com o Weverton.

O post Princesa vacila e cede empate ao Gurupi-TO no Gilbertão apareceu primeiro em D24am.

Fonte: http://d24am.com/esportes/futebol/princesa-vacila-e-cede-empate-contra-o-gurupi-to-no-gilbertao/

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta