A Prefeitura de Parintins, através do prefeito Bi Garcia e vice Tony Medeiros, discutiu com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, secretarias municipais e outros órgãos, todo o planejamento para a realização da festa de Ano Novo na Praça Digital Cristo Redentor. O evento ocorre no domingo (31).

Durante o encontro foram definidos os pontos de acesso à Praça Digital e delimitou-se como será feito o esquema de segurança do evento. “Nós vamos fazer um grande réveillon, dentro de nossa realidade financeira. Temos um sistema de segurança muito grande, de controle de entrada e saída de pessoas, com revista em todas as barreiras na Praça do Cristo como na Praça da Prefeitura”, enfatiza o prefeito Bi Garcia.

Na festa será proibida a venda e circulação de bebidas em garrafas de vidro em toda a área da praça. A venda de bebidas será permitida somente em latas e copões para dar mais segurança aos que estiverem presentes na virada de ano.

Segundo o prefeito, além do esquema de segurança, será disponibilizada uma estrutura para a instalação de uma praça de alimentação na praça da Prefeitura para atender à grande demanda. A venda de lotes para vendas no local ocorre na Coordenadoria de Terras e Cadastro da Prefeitura, localizada na avenida Amazonas, Centro.

O prefeito Bi Garcia também anuncia as principais atrações da festa de virada de ano. “Teremos as atrações de Garantido e Caprichoso, toadeiros, pagode, swing, forró, sertanejo e também vai ser sorteado quatro motos para que possamos entrar 2018 com o pé direito. Será um grande réveillon com queima de fogos no Rio Amazonas”, finaliza.

SECOM

Prefeitura bate recorde em serviços em infraestrutura em 2017

Com recursos próprios e convênios, a Prefeitura de Parintins encerra o ano de 2017 com um saldo positivo de trabalhos realizados pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Durante o primeiro ano de mandato do prefeito Bi Garcia e do vice Tony Medeiros, a pasta, que tem à frente o secretário Mateus Assayag, priorizou os serviços de revitalização de ruas, limpeza geral do município, revitalização de espaços públicos abandonados, conclusão de convênios e obras, entre outros.

No primeiro mês de gestão, uma verdadeira força-tarefa foi realizada para mudar o aspecto de abandono que se encontrava a cidade. Diversos mutirões de limpeza, recuperação e revitalização de praças e logradouros públicos foram promovidos, serviços estes que foram mantidos mensalmente, totalizando de janeiro a dezembro três grandes mutirões, segundo a Coordenadoria de Limpeza Pública, além das ações de limpeza contínuas nos bairros.

Outro trabalho fundamental para a reconstrução da cidade foi a operação tapa-buraco, que dividida em duas etapas, contemplou os pontos mais críticos do centro, bairros e comunidades suburbanas, abrangendo cerca de 40% das vias que mais apresentavam problemas de trafegabilidade de veículos como, por exemplo, a estrada da comunidade do Aninga, Av. Paraíba e Av. Nações Unidas. Ao todo três mil toneladas de asfalto foram adquiridas pelo município.

O trabalho conjunto da Secretaria de Obras e Meio Ambiente resultou na transformação da antiga lixeira a céu aberto em aterro controlado, recobrindo totalmente os resíduos sólidos e melhorando 100% o espaço, resultando na reabertura do Aeroporto Júlio Belém, no mês de março, que estava interditado desde 2016 por falta de cumprimento das orientações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Em 2017 a Prefeitura recuperou 5.500 pontos de iluminação pública no perímetro urbano, suburbano e comunidades rurais. Mais de quatro mil pontos estavam danificados, deixando ruas e praças na total escuridão, deixando as pessoas vulneráveis a ação de assaltantes. Também foi feita a melhoria da rede de iluminação e em alguns casos colocação de novos pontos. No trabalho foi incluída a iluminação do Estádio Tupy Cantanhede, que desde o mês de junho conta com sistema em led, substituindo as luminárias em vapor metálico.

Para a realização do 52º Festival Folclórico de Parintins, o Município investiu R$ 2,5 milhões na Operação Festival e preparação do município, com contratação de mão de obra temporária, realização de serviços como pintura de meio fio, praças e passeios públicos, capina, poda de árvores, varrição, roçagem e tapa-buraco. Também firmou parceria com a Associação dos Artistas Plásticos de Parintins para a revitalização de pinturas em monumentos de praças e no entorno do Bumbódormo. Ao todo, mais de 700 empregos foram gerados diretos e indiretamente durante a Operação Festival.

Serviços essenciais com varrição, capina, poda de árvores, roçagem, foram promovidos diariamente na zona urbana e comunidades rurais polos. Nas comunidades suburbanas, o trabalho de abertura, fresagem (raspagem) e limpeza foi executado em vários ramais e estradas, beneficiando centenas de famílias.

No balanço anual é incluso ainda os trabalhos promovidos pela coordenação de serviço público, que abrangem a recuperação de ruas, canaletas, meio-fio, galerias de escoamento de águas pluviais, melhorias e reparos em escolas da zona urbana e rural, entre outros.

Na área de engenharia e projetos, a Prefeitura de Parintins deu início a reconstrução do complexo Benedito Azedo, reconstrução da feira do Itaúna Zezito Assayag, prosseguiu com as obras da UBS do bairro União, reforma e ampliação do Centro de Saúde Dr. Aldrin, Praça de Esporte e Cultura do bairro União, entrega da Cidade da Criança Pichita Cohen, Praça Cristo Redentor, emergência e estacionamento do Hospital Regional Jofre Cohen.

Na zona rural, as obras das escolas conveniadas com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) foram retomadas em etapas pelo prefeito Garcia, depois de paralisadas há mais dois anos. A Secretaria de Obras deu andamento em projetos como a construção da orla da cidade, drenagem de área que sofrem com alagação, iluminação dos campos de futebol da cidade e zona rural, quadras poliesportiva.

“O volume de obras no município será dobrado, pois a administração do prefeito Bi Garcia focou na reconstrução da cidade em 2017, recuperando ruas, mantendo a limpeza em dia e concluindo obras que estavam paralisadas desde 2012”, avaliou o secretário.

Conforme informou Mateus Assayag, a Prefeitura deve iniciar o ano de 2018 com pacotes de obras que contemplam a zona urbana e rural, dentre elas a recuperação asfáltica, conclusão de convênios como, por exemplo, casas populares e modernização do sistema de abastecimento de água, início de obras como quadras poliesportivas, reforma de escolas da zona rural, unidades básicas de saúde, entre outros.

Secom

https://www.ojornaldailha.com/prefeitura-define-detalhes-da-festa-de-reveillon/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta