Após alerta feito pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), na semana passada quanto ao risco para doença de Chagas, a Secretaria de Saúde de Parintins inicia ação de prevenção a patologia. As ações de fiscalização se darão por meio da Vigilância em Saúde e Vigilância Sanitária, especialmente sobre a venda de poupa de açaí, bacaba, patauá, buriti entre outras.

Casos em municípios do Amazonas e no Estado do Pará foram recentemente notificados.

Segundo Elaine Pires, a preocupação se dá por conta da ingestão da fruta in natura. De acordo com ela, a Doença de Chagas é detectada com mais facilidade na fase em que não há mais possibilidade de cura, e é causada pelas fezes do barbeiro que se abriga em palmeiras.

“Nesse sentido estaremos trabalhando o monitoramento pela Vigilância Sanitária na entrada desse produto em Parintins. A poupa do açaí que vem embalada corretamente, pasteurizada, com credencial do Ministério da Agricultura não há com que se preocupar”, disse.

semsa

https://www.ojornaldailha.com/parintins-intensifica-fiscalizacao-contra-doenca-de-chagas/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta