Sofia Lorrane / redacao@diarioam.com.br

Amazonenses no Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo (Foto: Sofia Lorrane/Divulgação)

Manaus – Lutadores amazonenses se preparam para lutar o Mundial de jiu-jítsu esportivo, que começou nesta quinta-feira (6) e segue até domingo (9), em São Paulo. Um deles é Cledson Carlos Farias Lira Júnior, de 27 anos, que conseguiu o dinheiro para ir à competição pedindo contribuição em um semáforo da capital e disse que, se ganhar, dedicará o prêmio à população manauara. Além dele, Antônio Adson Guerreiro, de 34 anos, e Adson Richard Guerreiro, 10, que são pai e filho e representam o município de Nhamundá (a 383 quilômetros a leste de Manaus), vão lutar.

Cledson Carlos, que pediu dinheiro durante um mês, no sinal da rotatória do conjunto Eldorado, na zona centro-sul da capital, para poder lutar o mundial, neste domingo, na categoria faixa branca peso-pena. “Eu já estou em São Paulo, cheguei na terça-feira, e continuo me preparando com objetivo de vencer o mundial e trazer essa medalha para Manaus”, disse.

“Se eu ganhar, dedicarei o prêmio à toda a população amazonense, que me ajudou com as contribuições, me dando apoio, e aos meus amigos de treino. Quando voltar, pretendo trabalhar, continuar treinando, estudando e também montar um projeto social para afastar as crianças das drogas, essa ideia jamais sairá da minha mente”, explicou.

De Nhamundá, Antônio Adson é faixa azul da categoria máster e Adson Richard é faixa amarela da categoria infantil ‘B’. Antônio e o filho competirão fora do Estado pela primeira vez. “Nossa luta vai ser no sábado, estamos ansiosos e confiantes. Nós somos de Nhamundá, mas agora estamos morando em Manaus e treinando em um projeto social no bairro da Alvorada, chamado Projeto Resgatando Vidas Grande Colheita (PRVGC), que ajuda a afastar as crianças do mundo das drogas e da violência”, relatou.

Segundo Richard Guerreiro, o pai dele é a inspiração e sempre o incentivou. “Eu luto há dois anos, e a vontade de treinar veio do meu pai que ele treina também, eu sempre ia com ele assistir e pedi dele pra treinar também, porque queria lutar igual a ele”, explicou.

O campeonato começou, nessa quinta-feira, com a categoria de peso faixa preta, absoluto faixa azul, absoluto faixa roxa, absoluto faixa marrom e absoluto faixa preta. Nesta sexta-feira (7) é a vez da categoria de peso faixa marrom e faixa roxa. Já no dia 8 de julho irão competir as categorias de idade pré-mirim, mirim, infantil ‘A’, infantil ‘B’, infanto-juvenil ‘A’, infanto-juvenil ‘B’ e a categoria de peso faixa azul. No último dia de competição, dia 9, a categoria de peso faixa branca a partir da categoria juvenil irão encerrar a disputa.

O post Pai e filho de Nhamundá vão ao Mundial; lutador chega a SP apareceu primeiro em D24am.

Fonte: http://d24am.com/esportes/lutas/pai-e-filho-de-nhamunda-vao-ao-mundial-lutador-chega-sp/

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta