O bairro do Jauari surgiu ao redor de um lago. É assim denominado porque no lago existiam muitas palmeiras de jauaris. O lago era bastante piscoso e além de muito peixe encontrava-se uma grande variedade de quelônios . Sua nascente localizava-se no terreno da atual Rádio Difusora de Itacoatiara. nascia com um pequeno fio de água cristalina. regatas de canoa eram praticadas no lago.

Com o passar dos anos foram derrubados os jauarizeiros, cujas frutas serviam de alimento aos peixes, com o tempo foi aterrado e tornou-se um anhingal.

Mais tarde, onde é hoje a atual Rádio Difusora, começaram a se instalar agricultores, pediam à Prefeitura terreno para morar. Ela concedia através do prefeito da época e marcava o prazo de cinco anos para o morador construir benfeitoria. Se nada fosse construído o terreno retornaria para a prefeitura.

No inicio eram alguma barracas, depois surgiram mais e mais. Então, com os terrenos doados pela prefeitura aumentou o número de barracos e de roçados.

Antigamente, na época das enchentes, o bairro era ligado ao centro por pontes. Hoje, com os aterros feitos, elas não são mais necessárias. Uma das pontes foi construída pelo Americano residente e fazendeiro em Itacoatiara James Stone, era uma ponte de madeira sobre o lago do jauari sendo doada a prefeitura em 1890.

Em 1953-60 a prefeitura desapropriou uma área de terra que se tornaria a Rua Gaspar Maia, depois a Rua Marcilio Dias.

No Jauari se estabeleceram alguns japoneses. Quando da tentativa de nova colonização para a Amazônia muitos japoneses ficaram no KM 27 da estrada Manaus-Itacoatiara. Aqui não tiveram muito incentivo. Algumas famílias da época: Dairó, Taketome, Mori. Elas se dedicaram ao plantio de hortas. Havia muita verdura naquele período.

Os japonese trouxeram vários benefícios para a cidade:

implantação de novo sistema de produção, – cultivo da juta.

início da oleicultura, – introduziram novos costumes.

O bairro tem dois conjuntos com 1.160 casas: Conjunto da Carolina e da Gethal.

É um bairro de predominância da classe baixa e média. dotado de infra-estrutura.

Edição: Charleane Monteiro
Fonte: Blog Prof° Ricardo Abreu
Fotos: Internet
Itacoatiara: 12/02/2018

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta