Diogo Rocha/redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um novo desafio aguarda o jovem carateca amazonense Ryan Christian da Silva, 15, que treina na academia ‘Fênix de Karatê’, de Borba (151 quilômetros ao sul de Manaus). Depois da vaga inédita na Seleção Brasileira de base, em março, o faixa marrom Ryan estreia no Campeonato Sul-Americano, em Santa Cruz, na Bolívia, que começou nesta segunda-feira e termina em 1º de julho.

Ele disputará a prova de Katá (luta imaginária), pela categoria Cadete (14 e 15 anos), neste quinta-feira (29). É a mesma prova que ele competiu na Seletiva Nacional 1 de Karatê do Sub-14 ao Sênior, em Caruaru (PE), onde conquistou uma lugar na Seleção Brasileira da categoria.

Apesar de não ser obrigatório, Ryan Christian viajou, na madrugada desta segunda-feira, acompanhado das treinadoras Aucileia Costa e Rosely Pantoja, esta última responsável pelo treinamento do carateca no Katá. A técnica Aucileia cuida da preparação do atleta para o Kumitê (luta em si) e ajudará a transmitir mais confiança ao pupilo.

Por ser a primeira experiência do carateca e das treinadoras de Borba em um Campeonato Sul-Americano, uma estratégia mais ousada será utilizada para Ryan conseguir avançar paras as finais do Katá. O treinamento para o torneio internacional durou um mês.

“Geralmente, em uma competição que conhecemos os adversários dele, jogamos os ‘Katás’ conforme os rivais. Como no Sul-Americano não sabemos o nível dos lutadores, o Ryan apresentará logo o melhor Katá dele para ir para a segunda rodada. Já o segundo melhor Katá dele será usado na final”, explicou Rosely Pantoja.

Como nas competições nacionais, Ryan se preparou em cinco formas diferentes de Katá para mostrar no Sul-Americano. Foram sete horas intensas de treinos técnicos diários, em Borba, com orientações em longa distância dos técnicos da Seleção Brasileira, por meio de mensagens telefônicas.
“Eu pedia para filmarem o meu treinamento com o Ryan e enviava os vídeos, pelo
WhatsApp, para o técnico da Seleção avaliar e me dizer em que precisava melhorar na preparação. Só quando chegarmos à Bolívia, ele terá o primeiro contato com os treinadores da Seleção”, disse Rosely.
O controle emocional é outro fator que o carateca de Borba precisou dominar para evitar deslizes no tatame, no Sul-Americano. Caso fique entre os três primeiros colocados, Ryan Christian permanecerá na Seleção Cadete e estará apto para o Campeonato Pan-Americano, em agosto, na Argentina.
“O Ryan está bastante confiante, porque sabe que dará o melhor dele, como se lutasse em qualquer torneio que já disputou. A partir do momento que entrou na Seleção, ele se dedicou aos estudos para ser liberado pela escola e treinou com disciplina, de domingo a domingo”, afirmou a técnica Rosely Pantoja.

O post Na Bolívia, carateca de Borba estreia em Campeonato Sul-Americano apareceu primeiro em D24am.

http://d24am.com/esportes/lutas/na-bolivia-carateca-de-borba-estreia-em-campeonato-sul-americano/

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta