“Minha Primeira Identidade” deve alcançar 200 mil estudantes, diz governador

0
81

O governador David Almeida ressaltou, nesta segunda-feira (25), que o projeto “Minha Primeira Identidade” deve alcançar 200 mil alunos da rede estadual de ensino com a expansão para o interior do Estado, até o final deste ano. O projeto conta com apoio financeiro do Fundo de Promoção Social (FPS), que repassou R$ 180 mil para as ações da primeira fase. David Almeida ainda comentou que segue firme com sua agenda de compromisso nos municípios amazonenses.

“O Amazonas é o primeiro a implantar esse serviço no Brasil, como exemplo de cidadania. E isso se traduz como um investimento muito importante para a vida de 200 mil alunos no Estado que não possuem esse documento, e que a partir de agora vão poder desempenhar diversas atividades e garantir mais qualidade em suas vidas acadêmicas e profissionais”.

Foto: Valdo Leão/Secom

Nesta semana, David Almeida vai acompanhar obras do sistema viário e entregar escolas em cidades do interior que estão aptas para os benefícios. “Estou com uma programação ajustada para essa semana. Em Maraã vou entregar uma escola, em, Manicoré será feita a inauguração de uma Escola de Tempo Integral, e muito provavelmente, se o sol permitir, vamos entregar um novo trecho da AM 070 e uma parte da avenida das torres”.

O projeto é coordenado pelo Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Na capital, 240 escolas vão participar do projeto, que também poderá ser aderido pelas Prefeituras e entidades sociais.

Foto: Valdo Leão/Secom

“É necessário que os alunos possam trazer a certidão de nascimento, três fotos 3×4, porque a identidade será emitida na hora. Esse projeto se constitui de várias fases, a primeira inicia aqui nessa escola, onde vamos fazer um estudo das demandas; vamos expandir para todas as escolas de Manaus, da Região Metropolitana e, depois, para o interior”, explicou o diretor do Departamento de Polícia Técnico-Científico, Jefferson Mendes.

Cidadania – O “Minha Primeira Identidade” tem como objetivo a emissão da 1ª via da cédula de identidade a alunos da rede estadual de Ensino, devido à grande quantidade de alunos que deixa de participar de eventos escolares, olimpíadas e até mesmo de retirar o certificado de conclusão do Ensino Médio por não possuírem o Registro Geral (RG).

Foto: Valdo Leão/Secom

O lançamento aconteceu na Escola Aldeia do Conhecimento Professora Ruth Prestes Gonçalves, localizada na Avenida Noel Nutels, Cidade Nova, zona norte. No local, cerca 600 cédulas de identificação serão emitidas aos alunos finalistas do educandário.

Apoio – Além do Fundo de Promoção Social, o projeto contará com a parceria da Secretaria de Estado de Educação e Ensino de Qualidade (Seduc), por meio do Departamento de Gestão Escolar (Degesc), e Ouvidoria Geral do Sistema de Segurança Pública do Amazonas.

Comentários

comentários

https://correiodaamazonia.com/minha-primeira-identidade-deve-alcancar-200-mil-estudantes-diz-governador/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta