São Paulo – Os brasileiros estão economizando mais para o futuro dos filhos, conforme uma pesquisa feita pela Boa Vista SCPC. Se, no ano passado, apenas 42% dos brasileiros diziam poupar, neste ano, 59% afirma guardar recursos para os filhos. Com o ambiente econômico ainda incerto, a principal opção dos pais ainda tem sido por investimentos conservadores.

A poupança ainda lidera como a principal opção para guardar o dinheiro, com 61% dos pais indicando aplicar os recursos nesse produto.

A poupança ainda lidera como a principal opção para guardar o dinheiro, com 61% (Foto: EBC)

Já as aplicações em fundos de investimento, ações ou CDB são as escolhas de apenas 7% dos entrevistados na pesquisa. Mesmo com uma participação ainda pequena, a opção por esse tipo de investimento cresceu 3 pontos percentuais do ano passado para cá. “Outros 8% aplicam em Previdência Privada e 6% em Títulos de Capitalização”, informa a Boa Vista, em nota.

Segundo a pesquisa, 53% dos brasileiros conseguem economizar mais de R$ 50 por mês para os filhos. Desse grupo, 60% planejam usar o dinheiro para despesas com educação no futuro, 19% para a compra de casa própria e 12% para planos como uma ‘viagem dos sonhos’ (2%), aposentadoria complementar (7%) e situações de emergência (3%).

Saber gerir o dinheiro é outro aspecto da vida financeira ao qual os pais brasileiros estão mais atentos. Segundo a Boa Vista, 85% dos entrevistados acreditam “ser muito importante que as crianças e adolescentes recebam orientação financeira”.

Para isso, mais da metade deles – 65% – afirmou que conversa e explica aos filhos o que é, como se ganha e as funções do dinheiro.

Parte desse trabalho de orientação inclui estimular a economia da mesada. Para 32% dos brasileiros, o estímulo para que a criança poupe a mesada é feito em casa.

O número de brasileiros que dá mesadas ou semanadas aos filhos também vem crescendo e já atinge 23%, uma alta de 6 pontos percentuais em relação ao apurado no ano passado.
Mesada

“Dos consumidores que adotam a prática, 96% utilizam o dinheiro para a mesada, apenas 4% adotam o cartão pré-pago ou o cartão de crédito adicional, e destes, 56% consideram o cartão uma boa ferramenta para organização das despesas”, explica a Boa Vista, em nota.

O uso do cartão é apontado por 44% dos brasileiros como uma ferramenta que ‘controlar da melhor forma os gastos dos filhos’. Apesar do esforço dos pais, as escolas brasileiras ainda ensinam pouco ou nada sobre educação financeira às crianças. Apenas 3% das crianças recebem esse tipo de informação fora de casa, afirmaram os entrevistados.

O levantamento da Boa Vista SCPC foi feito pela internet com 1.056 brasileiros entre o dia 28 de agosto e 8 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais ou grau de confiança de 95%.

http://d24am.com/economia/mais-de-50-dos-brasileiros-ja-poupam-para-o-futuro-dos-filhos-diz-pesquisa/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta