Lutas no Brasileiro por novo título e maior visibilidade

0
108

Manaus – A partir deste domingo, duas pugilistas amazonenses participam do 15° Campeonato Brasileiro Feminino Elite, competição organizada pela Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) que garante as duas primeiras colocadas de cada categoria vaga na Seleção Brasileira. O torneio será realizado em Cuiabá (MT) até o próximo dia 24.

Bicampeã brasileira, Sandra Ramos, 28, entra no campeonato visando o terceiro título consecutivo, dessa vez, em uma nova categoria. Enquanto isso, Andréia Cerdeira, 27, estreia no Brasileiro com a esperança de conseguir uma medalha.

Antes do 48 quilos, Sandra precisou subir para a categoria 51 quilos após CBBoxe extinguir cinco categorias de peso (Foto: Eraldo Lopes)

Com muita experiência em competições nacionais e internacionais, Sandra entra no Brasileiro com um novo desafio. Após ser duas vezes campeã nacional na categoria até 48 quilos, a atleta nascida no município de Santo Antônio do Içá (a 880 quilômetros a oeste de Manaus) foi obrigada a subir para a categoria até 51 quilos. O motivo foi que a CBBoxe extinguiu cinco categorias de peso, incluindo a 48 quilos e 54 quilos. Então, Sandra sabe que o novo desafio no Brasileiro será maior, em Cuiabá.

“A Confederação tirou cinco categorias femininas, incluindo a minha. Por isso, muitas meninas vão subir e outras descer para disputar os 51 quilos. Sei que as meninas que mais darão trabalho serão as que estavam na Seleção (Brasileira). Vai ser mais difícil, porém, estou treinando muito duro”, afirmou Sandra Ramos.

Confiante, a amazonense acredita que pode subir mais uma vez no primeiro lugar do pódio. “Quero trazer o ouro. Fiz a preparação com o Julio Prado e boxe com o Cássio Humberto (marido dela). Se Deus quiser, vou trazer o tricampeonato”, disse a atleta que, para completar a renda mensal, ministra aulas de boxe na academia Fight Gear Team (FGT), na Avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus.

Estreante

A outra representante do Amazonas no Campeonato Brasileiro vem do município de Coari (a 363 quilômetros a oeste de Manaus). Aos 27 anos, a lutadora Andréia Cerdeira fará sua estreia na competição. Oriunda da luta agarrada e com três lutas profissionais de MMA, a atleta migrou para o boxe com o objetivo de melhorar sua trocação.

Bem adaptada ao boxe e mostrando muito talento, Andréia surpreendeu na seletiva amazonense, realizada na Vila Olímpica de Manaus. E sabendo que não terá moleza no torneio nacional, Andréia acredita que será uma grande vitória chegar ao pódio.

“Fiz uma renúncia muito grande em minha vida. Abri mão de seguir minha carreira jurídica para ser lutadora profissional. Então, quero algo muito além de lutar apenas no Amazonas”, declarou Andréia.

Coariense Andréia migrou do jiu-jítsu para o boxe e tem se destacado ( Foto: Arquivo Pessoal)

Por ser debutante no Brasileiro, a pugilista coariense está ciente que a missão de trazer uma medalha para o Estado é mais árdua. Para Andréia, um bom desempenho na competição nacional a levará para torneios no exterior de boxe.

“Quero chegar aos grandes eventos internacionais representando Coari. Sei que não será fácil. Lutarei com as melhores no Brasileiro. Lá é outro nível. Não sei quem irei enfrentar, mas estou preparada”, disse a atleta que treina boxe junto com a Sandra na FGT. Além disso, Andréia faz a preparação física academia Cagin Clube com o mestre Ulisses Paixão.

E após o Campeonato Brasileiro, Andréia irá para os Estados Unidos, onde buscará participar de eventos maiores, em Las Vegas. No MMA, a atleta conta com um cartel de três lutas oficiais, sendo três vitórias, duas delas pelos cinturões dos eventos Amazon Talent e Rei da Selva Combat.

O post Lutas no Brasileiro por novo título e maior visibilidade apareceu primeiro em D24am.

http://d24am.com/esportes/lutas/lutas-no-brasileiro-por-novo-titulo-e-maior-visibilidade/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta