EXCLUSIVO: ENTREVISTA COM O COMANDANTE DA PM EM PARINTINS, MAJOR JUAN MORILLAS

0
78

“Em meio as várias dificuldades, conseguimos reduzir índices de criminalidade em Parintins”, afirma Comandante da PM (foto: Carlos Frazão/JI)

O trabalho em conjunto das polícias Civil e Militar apresentam resultados estatisticamente positivos.

O comandante do 11 Batalhão de Polícia Militar, major Juan Morillas, faz uma avaliação dos mais de dois meses de trabalho a frente do comando militar de Parintins e afirma que “em meio as várias dificuldades referentes a recursos humanos, escassez de materiais, a Polícia Militar em parceria com a Política Civil vêm agindo de maneira integrada. Apesar de assumirmos o Batalhão em um período conturbado do Festival Folclórico é com grande satisfação do ponto de vista operacional, apresentamos resultados bastante positivos, conseguindo através do trabalho preventivo, reduzir os índices de criminalidade, observados , tanto na nossa estatística (PM) como na estatística da própria Polícia Civil, diminuindo também os números de registros na própria Delegacia, com relação aos meses anteriores de 2017”.

(Foto: Parintins24hs)

Sobre seu estilo operacional, Major Morillas enaltece que trabalha o caráter repressivo da polícia em relação à prisões em flagrante delito, cumprimentos de mandados prisão, de busca e apreensão e até de foragidos da justiça, conseguindo efetivar algumas prisões importantes. “Do ponto de vista operacional, estamos contentes com o trabalho da Polícia Militar e da Polícia Civil através do delegado titular Adilson, mas de forma alguma estamos satisfeitos ainda. Eu disse quando assumimos o Batalhão que o nosso lema é “Nós sempre podemos fazer mais” e é o que vamos continuar fazendo por Parintins”, acrescentou.

Força Tática

Sobre a Força Tática, Morillas frisa que “implantamos novamente a Força Tática no município. Em termos de apreensões e prisões o trabalho vem sendo muito efetivo, com uma meta muito boa de prisões em flagrante delito e esse trabalho vai continuar, não só com a Força Tática, mas com o policiamento convencional, oferecendo um serviço de qualidade para a população, aumentando sua credibilidade com relação ao trabalho da Polícia Militar”.

Pelotão Mirim

De acordo com o Militar, o Pelotão Mirim que hoje atende 200 alunos, é o trabalho social usado como vitrine da Polícia Militar. Estamos buscando parcerias para que o projeto cresça e se estenda principalmente as crianças mais carentes do municipio. “Futuramente queremos estender esse projeto para as agrovilas, porque a gente observa que existem muitos jovens, adolescentes e crianças que querem uma oportunidade, para elas não se tornem vulneráveis a serem recrutados pelo mundo da criminalidade, principalmente pelo tráfico de drogas”.

Kedson Silva/JI

Comentários

comentários

http://www.ojornaldailha.com/exclusivo-entrevista-com-o-comandante-da-pm-em-parintins-major-juan-morillas/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta