Estes robots detectam Alzheimer e depressão numa questão de minutos

0
70

O cientista de Frank Rudzicz juntamente com os seus robots só precisam de 45 segundos para detectar Alzheimer num paciente.

Os algoritmos de inteligência artificial analisam os padrões da voz de uma pessoa sendo capaz de detectar a doença com uma precisão de 82%. Os modelos baseiam-se em princípios básicos de quem sofre desta doença. na sua grande maioria, quem sofre de Alzheimer tende a fazer pausas longas entre palavra, utilizam mais pronomes do que nomes e fazem uma descrição mais simplista do que observam ou contam (ao descrever um veículos descreve-lo-ao como um “carro” ao invés de referir a marca e modelo).

Mas se estas ainda seriam facilmente detectadas por qualquer humano, os robots fazem muito mais que isso. Uma coisa difícil de perceber pelo ouvido humano, mas facilmente quantificável pelo computador são as variações de amplitude e frequência da voz.

Embora muitos temam o avanço da tecnologia já que esta já substitui os nossos empregos e até parceiros amorosos, este é um exemplo dos benefícios que poderá trazer à sociedade.

Fonte: The Telegraph

Veja também…

Deixe o seu comentário

https://www.maistecnologia.com/robots-detectam-alzheimer-depressao-numa-questao-minutos/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta