Cresce número de empresas no Estado em agosto

0
71

Manaus – Agosto encerrou com um aumento no número de empresas constituídas no Amazonas e a queda nas extinções, segundo os dados da Junta Comercial do Estado (Jucea). No mês passado, foram 503 empresas abertas no Estado, o melhor resultado, desde março de 2015. Enquanto, 185 empresas foram extintas, o segundo menor índice do ano e um dos mais baixos, desde 2015.

Comparado a agosto do ano passado, quando foram abertas 298 empresas, o crescimento chega a 70%. Com relação a julho, foram realizadas 13 aberturas a mais. A criação de 503 negócios foi a maior, desde março de 2015, quando o resultado chegou a 584 empresas constituídas.

Já com relação ao fechamento de negócios, o resultado de agosto foi o segundo menor do ano, atrás apenas de junho, com 168 encerramentos
(Foto: Eraldo Lopes)

Já com relação ao fechamento de negócios, o resultado de agosto foi o segundo menor do ano, atrás apenas de junho, com 168 encerramentos, e o menor desde 2015.

Os dados da Jucea demonstram estabilidade na constituição de empresas esse ano que se manteve em uma média de 450 mensais, enquanto as extinções começaram a cair, a partir de junho. Até maio, a média era de 600 empresas encerradas por mês.

No acumulado do ano, já são 3,5 mil empresas constituídas contra 3,6 mil encerradas no Amazonas. Comparado ao mesmo período do ano passado, houve alta de 12,7% na criação de novos negócios e queda de 5% no encerramento.

No mesmo período de 2015, foram 3,8 mil empresas abertas, uma média de 480 por mês, contra 1,6 mil fechadas, o que dá em média 211 mensais.

Todo processo de registro empresarial pode ser feito pela internet caso os sócios ou o titular da empresa tenham certificação digital. Se não tiverem, devem comparecer à Junta Comercial para formalizar a entrega de documentos e pagamento de taxas.

É possível acompanhar on-line a geração automática da inscrição estadual, municipal e do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

A entrada de dados é feita por meio eletrônico, através do site Empresa Super Fácil, www.empresasuperfacil.am.gov.br. As informações preenchidas no formulário assim como os documentos anexados digitalmente são direcionados para a Jucea. Ao final da análise, que pode ser no mesmo dia da entrada, o responsável que teve o pedido aprovado para a constituição da empresa recebe o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

O sistema encaminha as informações eletronicamente para a Secretaria Municipal de Finanças (Semef) para a concessão da inscrição municipal e alvará de funcionamento. Caso não seja detectada nenhuma inconsistência, a Semef emite os respectivos documentos em 30 minutos, após a inserção das informações remetidas pela Junta Comercial do Estado (Jucea) para a sua base de dados.

http://d24am.com/economia/cresce-numero-de-empresas-no-estado-em-agosto/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta