Estadão Conteúdo

Jô garantiu mais um resultado positivo (Foto: Marcelo D. Sants/Estadão Conteúdo)

São Paulo – Como já se tornou um hábito em jogos do Corinthians, Jô garantiu mais um resultado positivo, mas desta vez quase viveu um dia de vilão. O atacante perdeu um pênalti, mas se redimiu e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time alvinegro chegou aos 29 pontos e disparou na ponta da tabela de classificação, com sete a mais do que o Grêmio.

Além de Jô, quem também se destacou na partida foi o jovem Pedrinho, que entrou e com alguns segundos em campo fez uma linda jogada que culminou no gol corintiano. O primeiro tempo foi marcado pela forte marcação das duas equipes e raras chances de gol. O Corinthians ficou mais com a bola no pé, mas não conseguiu superar a organizada defesa botafoguense. Mesmo com um time misto, os cariocas deram muito trabalho na arena. Por terem esquema tático parecidos, foram muitos confrontos mano a mano, o que deixou o confronto mais emperrado, já que as equipe se destacam pelo jogo coletivo.

A dificuldade em fazer o time “jogar” fez com que o técnico Fábio Carille deixasse de lado a sua preocupação com a defesa e mandasse o time para o ataque. Ele tirou o volante Gabriel e o colocou o meia Marquinhos Gabriel, dando mais uma opção para o toque de bola.

A mudança fez com que o Corinthians conseguisse envolver mais os botafoguenses e as chances começaram a aparecer. Em uma delas, Rodriguinho chutou forte para a defesa do goleiro paraguaio Gatito Fernández. Aos 7 minutos, novamente o goleiro fez a diferença e conseguiu minimizar um erro da arbitragem.

O zagueiro Marcelo derrubou o lateral-esquerdo Guilherme Arana fora da área e o árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques marcou erroneamente pênalti. Jô bateu forte no canto esquerdo, o goleiro saltou com precisão e fez uma grande defesa.

A pressão continuou em cobranças de faltas, cruzamentos e chutes de longa distância, mas a bola insistia em não entrar. O Botafogo não conseguia passar do meio de campo e fazia de tudo para segurar o resultado.

Até que Fábio Carille colocou Pedrinho no lugar de Clayson e a estrela do garoto de 19 anos brilhou. Ele acabou de entrar, recebeu a bola e resolveu. Deu um chapéu, fez fila, entrou na área e cruzou. Jô tentou, Rodriguinho também e parecia que nada faria a bola entrar, até que ela sobrou para o artilheiro corintiano ter uma segunda chance e desta vez não perdeu. Jô marcou o seu sexto gol no Brasileirão e conseguiu amenizar o pênalti perdido. Era o Corinthians disparando na frente.

Os minutos finais foram de festa para a torcida, que mais uma vez lotou a arena. Dentro de campo, os corintianos continuavam com a bola no pé e faziam com que o relógio se tornasse o seu maior aliado. E assim, o time de Fábio Carille conseguiu mais um grande resultado, o seu 25.º jogo de invencibilidade e uma larga vantagem na ponta da tabela de classificação.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 BOTAFOGO

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel (Marquinhos Gabriel), Maycon, Rodriguinho (Camacho), Jadson e Clayson (Pedrinho); Jô. Técnico: Fábio Carille.

BOTAFOGO – Gatito Fernández; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Dudu Cearense, João Paulo, Bruno Silva, Gilson (Roger) e Camilo (Marcos Vinicius); Guilherme (Rodrigo Pimpão). Técnico: Jair Ventura.

GOL – Jô, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Fagner, Jô e Jadson (Corinthians); Arnaldo e Victor Luis (Botafogo).

ÁRBITRO – Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR).

RENDA – R$ 2.235.726,90.

PÚBLICO – 40.341 pagantes.

LOCAL – Estádio Itaquerão, em São Paulo (SP).

O post Corinthians vence Botafogo e abre sete pontos na liderança apareceu primeiro em D24am.

Fonte: http://d24am.com/esportes/futebol/corinthians-vence-botafogo-e-abre-sete-pontos-na-lideranca/

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta