CCDT realiza Curso de Tiro Embarcado e Abordagem Fluvial

0
46

A Comissão de Capacitação, Treinamento e Desenvolvimento (CCTD) da Polícia Civil do Amazonas está promovendo o primeiro Curso de Tiro Embarcado e Abordagem Fluvial, voltado aos servidores da instituição. As atividades tiveram início na manhã da última segunda-feira, dia 25, e seguem até sexta-feira, dia 29, na Delegacia Fluvial (Deflu), ancorada no Porto Privatizado de Manaus, no bairro Centro, zona Sul.

De acordo com o presidente da CCTD, o investigador de Polícia José Alberto do Valle, estão participando da qualificação quatro delegados, lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e nos municípios de Careiro da Várzea, Manacapuru e Humaitá, distantes, respectivamente, 25, 68 e 590 quilômetros em linha reta da capital, além de cinco investigadores que atuam no Denarc e Departamento de Polícia do Interior (DPI) da Polícia Civil. Valle informou que o treinamento conta com instruções de servidores do Corpo de Bombeiros Militar da Amazônia (CBMAM).

Ao longo da capacitação serão abordadas diversas técnicas/Foto: Erlon Rodrigues/Pc-Am

O presidente da CCTD ressaltou que o curso dá ênfase em técnicas de incursões aquáticas e abordagem fluvial com tiro real, além da prática de tiro real e aprimoramento no manuseio e aplicações táticas de armas de curta distância, como a pistola, e armas de longa distância, como o fuzil.

Ao longo da capacitação serão abordadas técnicas de natação utilitária, instrução de mecânica náutica, abordagem fluvial, tiro embarcado, exercícios do fogo coordenado, de cobertura, ação imediata e transição de armas, contramedidas e emboscadas contra embarcações, as modalidades de tiros ajoelhado, deitado e embarcado, além de técnicas de salvatagem, que consiste no conjunto de equipamentos e medidas de resgate e manutenção da vida pós-desastres.

“O curso visa capacitar delegados, escrivães e investigadores para que eles possam atuar com segurança toda a parte pertinente à abordagem fluvial durante diligências. Grande parte da droga que chega ao Estado vem por via fluvial, uma vez que os rios tornam-se corredores do narcotráfico e, uma das maneiras que encontramos para combater esse delito nos rios do Amazonas, foi preparar o policial para que ele possa efetuar uma abordagem com segurança, dentro de uma padrão criado pela Polícia Civil do Amazonas”, destacou José Alberto do Valle.

Ao longo da capacitação serão abordadas diversas técnicas/Foto: Erlon Rodrigues/Pc-Am

O soldado do CBMAM Emerson Zuangue falou dos trabalhos integrados entre a Polícia Civil e a corporação. “A parceria entre os dois órgãos está consolidada há algum tempo. A participação do CBMAM nesse curso é repassar as técnicas de salvamento aquático, uso de armamento na água, como carregar e manusear a arma de fogo dentro da água, técnicas de apneia, primeiros socorros, nós e amarração. É primordial que todo policial saiba nadar para evitar acidentes ao longo das missões e, também, para ajudar a população, caso seja necessário. O CBMAM, junto às Polícias Civil e Militar, tem essa parceria para somar e trazer mais segurança para a população”, explicou Zuangue.

O delegado David Jordão, titular da 35ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Careiro da Várzea, destacou a importância de participar do primeiro Curso de Tiro Embarcado e Abordagem Fluvial, promovido pela instituição. “Realizar esse curso está sendo muito gratificante, porque eu sou lotado em um dos municípios do interior do Estado e, em várias ocorrências, eu e a equipe da delegacia precisamos realizar abordagens fluviais. Com todas as técnicas que estão sendo repassadas no curso eu me sinto cada vez mais preparado para agir com segurança em ocorrências fluviais”, argumentou.

Comentários

comentários

https://correiodaamazonia.com/ccdt-realiza-curso-de-tiro-embarcado-e-abordagem-fluvial/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta