Caprichoso realiza última fase da audição de toadas

0
112

Manaus (AM) – A galera do Boi Caprichoso tem voz ativa na escolha das toadas que comporão o CD “Sabedoria Popular: Uma revolução Ancestral”. Pelo segundo ano consecutivo a diretoria azulada abriu a audição das toadas para o público, por meio de transmissões ao vivo nas páginas oficiais do boi. Durante a seleção a galera deu opinião, informou e até denunciou as toadas que já foram usadas em outros eventos perdendo seu ineditismo. Na próxima fase que acontece em Parintins, no dia 4 de novembro, as cem primeiras pessoas que chegarem à casa azulada serão parte integrante do corpo de jurados.

O Boi Caprichoso se mantém na vanguarda com o processo de escolha das toadas. O sistema é digital com os jurados votando diretamente no telefone celular. “Criamos o portal do compositor onde é feito um cadastro simples e a toada é postada lá e automaticamente ela cai no sistema de votação. Assim ganhamos tempo, economizamos papel e ajudamos o meio ambiente”, comenta o desenvolvedor do sistema, Alessandro Hayden.

Pelo segundo ano consecutivo a diretoria do Boi Caprichoso inclui a galera para acompanhar ao vivo as discussões em torno da escolha das toadas classificadas. O dirigente azulado, Babá Tupinambá, considera o trabalho extremamente positivo. “Trabalhamos de forma transparente para que os sócios e torcedores acompanhem cada detalhe do que estamos fazendo. A seleção de toadas que antes era feita dentro de quatro paredes agora é aberta”, afirmou.

As duas primeiras fases aconteceram em Manaus/Foto: Efraim Rocha Graça

O vice-presidente Jender Lobato entende que o Boi Caprichoso está com uma seleção de ótimas músicas para o Festival 2018. “Com toda essa equipe temos a certeza que teremos um grande CD e um excelente DVD”, anunciou. As novidades para a próxima temporada é a reunião de três grandes artistas da questão musical no boi da francesa e do Palmares. Labamba, Neil Armstrong e Sidney Rezende estão entrosados e trabalhando arduamente para preparar produtos que caiam no gosto da nação azul e branca. “Estou muito feliz porque é a primeira vez que vamos trabalhar juntos”, conta Neil ao lembrar que já compôs ao lado de Sidney e Simão Assayag, mas é a primeira vez que irão produzir juntos. “Trabalhar ao lado dessas pessoas só nos motiva a fazer um grandioso produto em 2018”, destacou Rezende.

O presidente do Conselho Musical, Mauro Antony, exaltou o processo transparente e de lisura implementado pela diretoria do Caprichoso. Ao avaliar as toadas ele afirmou que a matéria prima é muito boa e que tende a crescer ainda mais no processo de produção. “Não tenho dúvida que teremos um CD melhor que o do ano passado”, concluiu.

Quatro de novembro

Além da audição final das toadas com a votação do júri técnico e da galera também serão anunciadas “as novidades” pela diretoria do Boi Caprichoso. O presidente Babá Tupinambá tem feito mistérios sobre esse anúncio e se limita a classificar de novidades. “Será no dia 4 de novembro no curral Zeca Xibelão e lá vamos saber o que o Caprichoso prepara”, assegurou.

Comentários

comentários

https://correiodaamazonia.com/caprichoso-realiza-ultima-fase-da-audicao-de-toadas/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta