O Ministério da Defesa russo revelou em comunicado que na passada noite de 5 de janeiro uma das suas bases militares na Síria foi atacado por drones ‘caseiros’ que carregavam explosivos.

Segundo o organismo russo o ataque foi dirigido contra a sua base a+erea situada em Khmeimim, assim como a base naval Tartus. O ataque terrorista foi evitado através da resposta pronta e efetiva dos militares russos. São ainda desconhecidos que grupo poderá estar por trás desta tentativa.

Na tentativa de ataque terrorista os russos intercetaram 13 drones de pequena dimensão e que tinham sido comandados de forma automática. Para impedir o ataque colaborou ainda a Unidade Russa de Guerra Eletrónica, que conseguiu fazer aterrar a maior parte das pequenas aeronaves. Na operação o mesmo não aconteceu com três drones que explodiram ao impactar no solo com maior intensidade, ainda assim não causando prejuízos materiais nem humanos.

Militares russos adiantaram ainda a várias fontes que estes drones possuem capacidade para realizar viagens superiores a 100 km, pelo que a ameaça na guerra da Síria escala agora para um nível tecnológico superior.

Veja também…

Deixe o seu comentário

https://www.maistecnologia.com/base-militar-russa-atacada-na-siria-drones-caseiros-explosivos/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta