Com informações da assessoria/redacao@diarioam.com.br

Os trabalhos são inspirados nas poesias ‘Motivos’ e ‘Constatação’, do poeta amazonense Anibal Beça (Foto: Divulgação)

Manaus – O Teatro Amazonas recebe, nesta quinta-feira (22), às 20h, o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, em mais uma apresentação do projeto ‘Alma de um Poeta’. No palco, os bailarinos irão apresentar a montagem ‘Por um momento…’, finalizando a primeira temporada da iniciativa e encenar uma versão work in progress da coreografia ‘Plutão (Já foi planeta)’, que tem estreia prevista para o mês de agosto. O acesso é gratuito.

‘Por um momento…’ e ‘Plutão (Já foi planeta)’ têm coreografias assinadas, respectivamente, por Adriana Goes e Rodrigo Vieira, ambos professores do Balé Experimental. Os trabalhos são inspirados nas poesias ‘Motivos’ e ‘Constatação’, do poeta amazonense Anibal Beça (1946-2009). As apresentações terão a participação de 13 bailarinos do conjunto de formação do Corpo de Dança do Amazonas, com idades entre 17 e 22 anos.

Em Por um momento…, o Balé Experimental busca levar ao público, por meio da dança contemporânea, questionamentos sobre a velocidade do mundo moderno, com a interatividade e a rapidez da informação, as relações passageiras que fragiliza os sentimentos e a modernidade líquida, a qual quase tudo se tornou superficial.

Trabalho em desenvolvimento, ‘Plutão (Já foi planeta)’ traz reflexões sobre o ser comum perante as mudanças da sociedade. O trabalho, também baseado na linguagem da dança contemporânea, reúne mensagens que despertam para a discriminação de minorias, que são agredidas verbal e intelectualmente.

Para a idealizadora e diretora artística do projeto ‘Alma de um Poeta’, Monique Andrade, tais questionamentos fazem com que as pessoas repensem sobre o dia a dia e sobre o afastamento e a rejeição que vivenciam na sociedade, tal como acontece com Plutão.

“Essa obra foi criada para repassar a mensagem do quanto nós como sociedade, precisamos repensar sobre os nossos relacionamento afetivos, principalmente com a velocidade da informação, que hoje, contribui para o afastamento das pessoas, até mesmo familiar. A poesia busca resgatar esses laços fraternos e minimiza os diversos atritos entre as pessoas que, assim como Plutão, são distanciados ou deixam de ter importância”, declarou Monique.

Incentivo e formação

O projeto ‘Alma de um Poeta’ foi contemplado pelo programa O Boticário na Dança para receber apoio em 2017, dentre 21 companhias, festivais, mostras artísticas, workshops e eventos de dança de 14 Estados do País.

Com o incentivo, a proposta terá não só apresentações de espetáculos, como palestras e oficinas destinadas a estudantes acadêmicos, professores, coreógrafos, produtores de Dança e o público em geral, numa agenda que seguirá até fevereiro do ano que vem.

Com direção artística e coordenação de Monique Andrade, o projeto promove um tributo à literatura amazonense por meio de criações em Dança Contemporânea inspiradas na obra de autores de renome do Estado. A iniciativa começou em 2015 e deu origem a diversos trabalhos, desenvolvidos por jovens integrantes do Balé Experimental sob orientação de profissionais do Corpo de Dança do Amazonas, que foram encenados em Manaus na forma de processos coreográficos.

O post Balé Experimental do CDA apresenta prévia de novo espetáculo apareceu primeiro em D24am.

http://d24am.com/plus/artes-e-shows/bale-experimental-do-cda-apresenta-previa-de-novo-espetaculo-nesta-quinta-feira/

SEM COMENTÁRIO