O Presidente das Nações Unidas alertou na última segunda-feira para a necessidade de regras internacionais que visem diminuir o impacto da guerra electrónica em civis. Segundo a análise de António Guterres, ataques cibernéticos massivos aparentam ser os primeiros passos de conflito das guerras futuras.

Ataques a computadores tem aumentado a uma escala sem precedentes nos últimos anos, afectando todas as entidades com presença online, como empresas, serviços públicos ou agências governamentais. Muito destes ataques são conotados com intenções geopolíticas.

Guterres sublinhou então que “episódios de guerra cibernética entre estados já existem”, mas que não existe nenhum esquema regulatório que impeça excessos na medida em que não é claro como a Convenção de Genebra ou outras peças de lei internacional humanitária se aplicam a estes novos campos de batalha.

Guterres sublinhou a importância de regular a guerra cibernética no contexto de um discurso que aconteceu no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, aquando a atribuição do doutoramento Honoris Causa ao actual presidente da ONU.

Veja também…

Deixe o seu comentário

https://www.maistecnologia.com/antonio-guterres-sublinha-necessidade-regras-internacionais-guerra-cibernetica/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta