Manaus – O comércio varejista do Amazonas registrou a segunda maior taxa de crescimento do País, no ano passado, com alta de 7,7%, ao lado de Alagoas e abaixo apenas de Santa Catarina (13,5%). De acordo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no varejo ampliado, que inclui revenda de automóveis e materiais de construção, as vendas no Estado foram ainda maiores, ao evoluírem 12%, e ficaram entre os três Estados com dois dígitos de alta, seguido de Santa Catarina (13,3%) e do Rio Grande do Sul (14,3%).

AM tem a segunda maior taxa de vendas do comércio do País em 2017, diz IBGE (Foto: Agência Brasil)

De acordo com o IBGE, em 2017, ocorreu um avanço no volume de vendas do comércio varejista em 18 das 27 Unidades da Federação. Já no varejo ampliado, o aumento das vendas atinge 22 das 27 Unidades da Federação.

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro teve aumento de 2% em 2017, na comparação com o ano anterior. A alta veio depois de duas quedas consecutivas: em 2015 (-4,3%) e em 2016 (-6,2%).

Três dos oito segmentos pesquisados pelo IBGE fecharam o ano em alta, com destaque para móveis e eletrodomésticos (9,5%) e para tecidos, vestuário e calçados (7,6%). Também tiveram crescimento os setores de artigos farmacêuticos, médicos e perfumaria (2,5%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,1%) e supermercados e produtos alimentícios (1,4%).

A queda foi registrada em três segmentos em 2017: combustíveis e lubrificantes (-3,3%), livros, jornais, revistas e papelaria (-4,2%) e equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-3,1%).

Já em dezembro do ano passado, o volume de vendas no varejo no País voltou a mostrar recuo frente ao mês de novembro (1,5%).

http://d24am.com/economia/am-tem-segunda-maior-taxa-de-vendas-do-comercio-do-pais-em-2017-diz-ibge/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta