‘Abacaxi’ pode custar três anos

0
67

Manaus – A passagem do presidente do 3B, Bosco Brasil Bindá, no futebol profissional pode durar menos de um mês. Ontem, após analisar a comemoração ‘inusitada’ do dirigente após a vitória do 3B na estreia do Amazonense de Futebol Feminino contra o Iranduba e a súmula oficial, o procurador do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM), Victor Gabriel, denunciou Bosco Bindá.

Bosco Bindá (o terceiro, da esquerda para à direita) jogou um abacaxi em frente ao banco de reservas do Iranduba (Foto:Antônio Assis/FAF)

O dirigente foi enquadrado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que na soma das penas podem afastar Bindá por até três anos do futebol. O caso será julgado na próxima segunda-feira, 2 de outubro.

No último sábado, o presidente do 3B estava presente no banco de reservas da equipe ao ser nomeado como auxiliar técnico na súmula, fato proibido pelo Registro Geral de Competição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O artigo 8º, parágrafo VII, diz que: “é permito 12 atletas como suplentes, mais seis pessoas componentes da comissão técnica sendo treinador, assistente técnico do treinador, preparador de físico, médico, massagista e preparador de goleiros, sendo vedada a presença de dirigentes no banco de reservas, mesmo que queiram usar uma das funções técnicas”.

Ao final da partida, Bosco Bindá se dirigiu ao banco de reservas do Iranduba e comemorou, quebrando um abacaxi na zona técnica do rival. O ato foi uma alusão a um comentário feito pelo diretor de futebol do Hulk, Lauro Tentardini, ao falar sobre o fim da parceria do clube com o 3B.

“No artigo 243, ele pode pegar 180 a 720 dias de suspensão. Mas como ele é presidente do clube, a pena mínima é de 360 dias. Pelo artigo 258, ele pode pegar de 15 a 180 dias. Já no 158-b, que é invasão, são mais 15 a 180 dias. É um bom tempo”, disse o procurar do TJD-AM, Victor Gabriel.

O post ‘Abacaxi’ pode custar três anos apareceu primeiro em D24am.

http://d24am.com/esportes/abacaxi-pode-custar-tres-anos/

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta